14 maio, 2012

#074 - Rudy Sarzo. Agora. No Wikimetal !!!

Poucas pessoas na História tiveram o privilégio de tocar em tantas bandas grandiosas como Quiet Riot, Ozzy Osbourne, Whitesnake, Dio, Yngwie Malmsteen, entre outros.

Este é o caso do convidado desta semana: Rodolfo Maximiliano Sarzo Lavieille Grande Ruiz Payret y Chaumont. Ou simplesmente, Rudy Sarzo.

Extremamente simpático com o Wikimetal, Rudy Sarzo revela passagens históricas de sua carreira e fala sobre seu amigo pessoal, o inesquecível Randy Rhoads.

O "Orgulho Nacional" vem do interior de São Paulo, com o Power Trio Alien Groove.

Alguém quer ganhar camisetas do Wikimetal ? Ouça o episódio, responda a pergunta e participe do sorteio.

Neste episódio: Quiet Riot, Ozzy Osbourne, Dio e Alien Groove
Promoção: Camiseta Wikimetal Metallica


Ouvir  Download  RSS  iTunes

29 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Grande Rudy Sarzo. Um grandíssimo baixista, que infelizmente, apesar das grandes bandas que fez parte, não é tão lembrado pelos fãs de hard rock/heavy metal. Ótimo podcast, Daniel, Nando e Rafael

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Téo, agradeço o comentário e o elogio. Acho que esse episódio vai ajudar a todos se lembrarem desse grande músico.
      Abraço, Masini

      Excluir
  3. Capitao Nando MAchado,

    Que grata surpresa este episodio 74 (por coincidencia, numero que representa muito para mim).

    E por sermos da mesma geracao, eu tambem pirei ao escutar Quiet Riot pela primeira vez, falando em coincidencia, tambem em 84 e com 10 anos de idade.

    Eu so nao concordo contigo, embora te entenda perfeitamente, com o desapontamento de nao ter visto o Rudy no show no ginasio do Corinthians em 85, pois voce pelo menos foi e viu.

    Eu perdi esse, o Van Halen, Kiss, os 2 dias do Rock in Rio, o Venom e Exciter e so tive a oportunidade de ir ao primeiro show nacional, voce ja sabe qual e quando aos 13 anos de idade e o meu primeiro show internacional foi um ano apos no Ginasio da Portuguesa: Exumer.

    Eu so nao fico frustrado de ter perdido este do Quiet Riot, pois a justica foi tardia, mas foi feita e valeu a espera. Eu os vi na Pedreira do Chapadao em Campinas, 13 anos apos e com a formacao classica completa, isto eh, Dubrow, Sarzo, Cavazo e Banali.

    E tem mais. De Hard Rock ou Hard/Heavy como muitos se referem a esta banda, eh a minha banda favorita disparada do estilo. E o Mr. Sarzo eh um showman a parte. Fora as poses tradicionais e caracteristicas dele com o baixo, o cara toca muito e putz, que curriculum o cara tem.

    Agradeco de antemao por este episodio maravilhoso e o cara eh gente fina como pessoa, fato ja atestado numa feira de musica ha muitos anos atras, antes da vinda dele com o QR o qual foi solicito, simpatico ao extremo com o publico.

    Bang your Head, Metal Health will drive you mad!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. WikiGiba,

      É verdade, foi muito legal ter ido nesse show com apenas 11 anos, ainda mais que em 1983 eu fui com a minha mãe, meu irmão, Pit e Yves Passarell e infelizmente um PM me barrou, eu tinha de 9 pra 10 anos e foi um trauma pra mim porque em 83 eu era fanático pelo Kiss. Também não fui no VH e nem no RIR apesar de já ser fã e Metal nessa época, já no QR fui até tietar os caras no Hotel Hilton (tirei uma foto com o Carlos Cavazo), foi muito legal. Realmente fiquei decepcionado pois era muito fã do R. Sarzo, fazia até pasta do QR, ele agitando no palco era foda. Hoje em dia considero o QR até Heavy Metal, pelo nome do disco de maior sucesso da banda, poucas bandas nessa época tinham a coragem de ter Metal no nome, apesar do som deles ser mais Hard Rock o visual e a postura era HM, principalmente porque o Rudy era um grande Headbanger, não parava um minuto. Valeu pelos seus comentários inteligentes como sempre, pena não ter te conhecido pesoalmente mas tenho certeza que não faltarão oportunidades,

      Grande abraço,

      Nando

      Excluir
  4. Dividindo em 2 partes a fim de facilitar o entendimento, curti o the Alien Groove por um motivo mais que especial:

    Os caras sabem usar a tecnica apurada que possuem em favor da musica, isto eh, utilizam a tecnica como uma ferramente de criacao, de criatividade, fugindo daquele estigma de bandas de musicos eximios quererem so colocar a tecnica para mostrar o quanto sao bons no dominio de seus instrumentos, relegando a musicalidade em segundo plano, ou seja, a musica, que eh o fator mais importante, ficando para tras. Parabens! Assim da gosto ouvir bandas instrumentais, eh uma arte e dominio que poucos conseguem expor da maneira devida, sem apelar para aquela masturbacao insuportavel. Os caras estao de parabens. Tecnica, criatividade e sobretudo MUSICA. Todos os ingrediente juntos. Os caras tem futuro assim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Giba, como eu disse no episódio, fiquei meio desconfiado quando o Dani me apresentou o som dos caras. Tinha medo de ser essa tal M insuportável, que existe muito em sons instrumentais. Virei fã. Molecada boa, e responsável! Que eles sigam produzindo.

      Prinzen de Metal

      Excluir
  5. Fala galera, muito legal esse episódio de hoje, Rudy foi bem simpático, gente boa o cara!!
    O episódio me fez lembrar de um trabalho que fiz baseado na banda e aqui está ele: http://www.flickr.com/photos/guilherme_barros/3914287560/in/photostream.
    Abraços wikimates!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Guilherme, pode mandar seu email para nando@wikimetal.com.br? achei demais o seu desenho,

      Valeu!

      Nando

      Excluir
  6. Renato Bacha15/5/12 5:20 PM

    Poxa, tava empolgadasso ouvindo a lenda Rudy, e vem o coração de metal Rafinha atrapalhando tudo, não pode!

    Em relação aos comentários no episodio sobre o Audition Tapes do Bruce, CADE O SAMSON GALERA? CADE AS MUSICAS QUE O BRUCE GRAVOU COM O SHOTS, INCLUINDO A CLASSICA DRACULA? Acho a voz do Bruce bem normal, bem Iron mesmo, não vi nada de diferente,afinal, já conhecia.. A voz do Bruce tá mais foda ainda no primeiro show dele com o iron, não sei se é, mas tenho a "Purgatory" no suposto primeiro show, e é MUITO bom...

    Dracula de 1977!!!!

    http://www.youtube.com/watch?v=-2p4cbxHXhI

    RUDY SARZO, A LENDA!

    valeu Wikimetal!!

    ResponderExcluir
  7. Renato, me sinto péssimo interrompendo as entrevistas, mas são ossos do ofício.
    Adorei a música do link, recomendo a todos!
    Valeu,
    Masini

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Renato Bacha17/5/12 8:09 AM

      Esqueceram de mencionar o SAMSON que alem do Bruce teve o Thunderstick...

      Excluir
    2. Fora o proprio Clive Burr que teve uma breve passagem la tambem.

      alias, as coincidencias nao param por ai.

      Voce ja deve ter escutado a Thunderbird deles, ne?

      Excluir
    3. Renato,

      Não entendi o lance do SAMSON... Nós esquecemos do mencionar que o Bruce era do Samson antes de ir pro Iron ?

      Abração, Daniel.

      Excluir
    4. Renato Bacha17/5/12 6:15 PM

      Dani, ao contrário. Ele canta muito no Samson e por isso conseguiu o trabalho no Maiden. Seria otimo as pessoas conhecerem o "Head On" e o "Shock Tatics", quando era Bruce Bruce e ele usava aquele bigode ridiculo. Enfim, e a Dracula ele gravou na epoca da faculdade, reliquia total. E tem a historia da musica "Ides of March" que abre o "Killers" que foi totalmente copiada, nota por nota, por um dos bateristas que tocou no Maiden, o Thunderstick, e levou a musica como se fosse dele para o Samson e gravaram com o nome de "Thunderburst"... Enfim, é isso!

      Ser fã de Iron Maiden não é facil..

      Excluir
    5. Opa, corrigindo:

      Onde se le "Thunderbird" (confundi pois esta musica eh do Quiet Riot, justamente do Metal Health), entenda-se "Thunderburst".

      Excluir
    6. Renato Bacha17/5/12 11:01 PM

      WikiGiba tambem erra! ahahah!

      Excluir
    7. Claro que erro! E nao tenho o menor problema em admitir quando cometo as minhas gafes.

      O Nando ate comentou comigo uma vez, quando errei o local de nascimento do Geoff Tate numa promocao. Eu enviei a resposta meio sem pensar direito (havia uma pegadinha) e percebi a falha em questao de minutos e enviei a errata, frisando que era so a titulo de correcao e que nao precisava considerar valida para a promocao e ele comentou que estava estranhando que havia errado. Faz parte!

      Excluir
  8. Mais um excelente episódio. Gostei da entrevista, o tamanho do nome do Rudy é proporcional à sua simpatia hehe. Todo mundo já falou disso, mas que carreira o cara tem né... eu ficaria muito feliz tendo tocado em 1 dessas bandas todas que ele passou. E mesmo assim, o cara continua simpático e humilde, recomendando até aulas de baixo que ele mesmo ainda faz. Muito legal.

    Legal ver uma banda instrumental no Orgulho Nacional. E foi o que o Giba falou, os caras não ficam focando em virtuosismo exibicionista infinito, meu medo toda vez que alguém fala de bandas instrumentais. Tem uma banda aqui de Floripa, pra quem quiser dar uma olhada: http://www.myspace.com/brasilpapaya

    Faz tempo que não escuto Quiet Riot, depois desse episódio vou dar uma relembrada. E falando em datas trágicas, hoje faz 2 anos que o Dio morreu. Outra enorme perda para o Heavy Metal, mas também acho que vale mais a gente lembrar dele por tudo que ele fez pelo metal do que como um ícone que se foi.

    Sing me a song, you're a singer
    Do me a wrong, you're a bringer of evil
    The devil is never a maker
    And the less that you give, you're a taker
    It goes on and on and on, it's heaven and hell

    ResponderExcluir
  9. Excelente episódio! Certamente está entre os 10 melhores episódios do programa até hoje.

    O Rudy Sarzo para mim figura entre os músicos mais importantes do Heavy Metal/Hard Rock mundial, tanto em qualidade técnica como estrada (já tocou com muita gente). Confesso que após esse episódio fui ouvir novamente minhas "velharias" do Quiet Riot, assim como o Maurício. Como o som dos caras é fudido!!!

    Sobre o Orgulho Nacional, definitivamente um dos melhores até hoje. Não tenho dúvida que vou virar fã dos caras. Extrema qualidade e bom gosto musical. Se quiserem colocar a banda em mais um episódio, não iria achar nem um pouco ruim, rs!

    Abraço a todos os amigos e amigas do Wikimetal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maurício, realmente ele foi muito simpático. E recomendar aulas, dizendo que até ele faz, é uma grande demonstração que não se deve parar de estudar e melhorar nunca. Muito bem lembrado. Mais um ano sem o Dio. Sempre fará falta.
      Valeu

      Juninho, que bom que vc colocou o episódio no top 10 Wikimetal. Boa idéia, vou lançar no face "Quais os seus 10 episódios favoritos?" Sabe que antes de gravar o episódio tb revisitei os discos do Quiet. Muito legal. Inclusive a música que eu ia pedir não entrou por falta de tempo, e vale escutar. Run for cover do Metal health.
      Quanto ao Allen Groove, um espetáculo. Batalhadores e muito bons.

      Abraço,
      Masini

      Excluir
  10. Rodrigo Ribeiro16/5/12 3:52 PM

    Gostaria deixar registrado aqui meu agradecimento em nome de todos integrantes do Alien Groovea a todo pessoal do WIKIMETAL!Foi uma grande honra pra nós participar do quadro "Orgulho Nacional" do Wikmetal "074". O programa é sensacional, sempre com ótimas entrevistas, som de primeira e os caras manjam muito de Metal!!Estamos muito felizes e honrados com a participação e com o feedback do pessoal!Obrigado de coração, pelo apoio e contem com o Alien Groove para o que precisarem!Um abraço a todos e muito obrigado!!

    ResponderExcluir
  11. Acredito que esse tenha sido o melhor episódio até agora. Admiro muito o trabalho do Rudy Sarzo. Conheci através da participação do Hear 'N Aid, depois procurei o Quiet Riot e lá estava aquele som animal de baixo. O mais interessante é que já vi muitas entrevistas com ele, e nunca o vi falando mal de quem quer que fosse, mesmo sabendo que ele trabalhou com pessoas conhecidas por seu ego inflado como o Malmsteen. Ao invés disso ele prefere agradecer as oportunidades que lhes foram dadas. Este é um exemplo de humildade. Por incrível que pareça já vi gente dizendo que não gostam dele tocando no Blue Oyster Cult por ele ser bom demais para a banda , vai entender...

    Quanto ao orgulho nacional, excelente. Sempre gostei de música instrumental e o Alien Groove me impressionou, eles vão do Metal, passam pelo Jazz, e tocam até mesmo Chorinho, excelente.

    Mais uma vez vocês estão de parabéns.

    ResponderExcluir
  12. Rodrigo, nós é que estamos honrados com o som de vcs no nosso episódio.
    O trabalho que o Allen Groove faz é motivo de orgulho para todos nós. Que a jornada de vcs siga sempre forte, e que muitas músicas ainda venham nos alegrar os ouvidos. Parabéns.

    Marcel, muito legal isso que vc escreveu. Realmente ele sempre mostra o lado bom de tudo e de todos por onde ele ja passou. O cara toca muito e da um astral diferente nas bandas onde ele toca. Quanto ao Allen, todos ja falaram o que eu penso.

    Abraço, Masini

    ResponderExcluir
  13. Tava ouvindo Quiet Riot aqui e achei legal o Rudy Sarzo agitando (+- 3:23 do vídeo) http://www.youtube.com/watch?v=dVsXOoOZVZo

    ResponderExcluir
  14. Olá Wikibrothers! Bom, o que mais falar? Um grande músico (mais um, novamente muito bem relembrado) em nosso grande podcast. E olha que antes de ouvir o #74 eu revi o vídeo do Hear'n'Aid - aquele de todos reunidos em estúdio - após esses 2 anos que nosso Dragon Killer nos deixou, lá estava o Rudy e eis que ele é a estrela do episódio...deve ser justamente a mão de Dio fazendo um "malock" de boa sorte, inspirando a pauta e proporcionando essa grande entrevista. Acredito que Rudy foi também o primeiro a dar dicas mais práticas, além das mensagens positivas (sem desmerecer, claro) dos outros convidados, marca honesta deste grande músico que justifica as grandes oportunidades que teve.
    Gostei muito do Alien Groove, pegada progressiva passando pelo jazz, mpb e rock'n'roll, prezando pela musicalidade do trio e bom de ouvir! sigam em frente!

    PS: ninguém falou do MONSTRO DO LAGO BOSS nos erros?? Ficou algo bem...bem...wikimetal, ahah! Valeu amigos, forte abraço e vou correndo pra casa antes que me afogue, pois a cidade está sendo devorada pelas águas, parece trilha sonora deathgrindcoresplattermetal, só que molhada. Keep the Metal!

    ResponderExcluir
  15. Pedro Guanais18/5/12 9:27 PM

    Adorei! Rudy Sarzo sempre será eterno. Vou escutar umas músicas da carreira de Yngwie e do Whitesnake com o Rudy. Gostei da propagando do God Gave Wikimetal To You, Rafinha. Vlw

    Abraço wikibrothers!

    ResponderExcluir
  16. O Rudy Sarzo é a típica personalidade que todo mundo sabe quem é, inspira muita gente, mas não brilha no mainstream. Você pode parar pra conversar com qualquer "cara de banda" de metal ou hard que o nome dele sempre aparece. E olha que currículo o cara tem! Ele tocou com vários dos meus ídolos *_*

    Sobre a Alien Groove, eu geralmente não ouço grupos instrumentais pelos motivos já citados aqui (grande M insuportável, excesso de técnica), mas esse trio mandou muito bem. A música é muito boa de ouvir e é técnica, mas não aquela técnica em excesso que tá ali só pra mostrar que eles sabem fazer, ela tá lá porque combina com o som.
    Curti e vou procurar mais =D

    ResponderExcluir
  17. Anônimo, muito legal mesmo. Tocando com a mão direita vindo por baixo. O visual da época que era diferente. Bota com salto, polaina e causa fusô .
    Valeu a dica.

    Allan, que chuva em? Vi no jornal. Quanto ao Rudy realmente não tem mais o que dizer. Ele superou na forma como respondeu as perguntas e na simplicidade. Nem parece que o cara tocou com os maiores do planeta.
    Quanto ao nosso Orgulho Nacional não vou falar mais nada pois é chover no molhado. Olha a chuva outra vez.

    Pedro, sempre que possível vou divulgar sim. A tua iniciativa foi muito boa mesmo. Escutar as bandas por onde o Rudy passou é se deliciar com o puro metal.

    Diana, realmente ele tocou com muitos dos meus ídolos também. E ele é muito respeitado por todos os músicos com quem dividiu o palco. Merecidamente. O pessoal do Allen deve estar muitos feliz pelos comentários pertinentes que fizeram sobre eles aqui.

    Obrigado e abraço
    Masini.

    ResponderExcluir