20 maio, 2012

#075 - Dave Ellefson, Megadeth. No Wikimetal !!!

Depois de Lars Ulrich (Metallica), Tom Araya (Slayer) e Scott Ian (Anthrax) faltava alguém do Megadeth para completar o Big4 no Wikimetal.

E nesta semana o lendário baixista e fundador do Megadeth é o nosso convidado especial: Dave Ellefson.

'Junior' (como é chamado pelo líder do Megadeth), contou como conheceu Dave Mustaine, falou sobre o começo da carreira, sobre religião e muito mais. Além dos sons históricos que rolaram que vão fazer todo mundo balançar a cabeça.

Existe "Orgulho Nacional" no Brasil inteiro e a prova disso é que a banda da semana, Glitter Magic, vem de Juiz de Fora, Minas Gerais.

Quer a edição especial de aniversário de 25 anos do Peace Sells ? É duplo, com o Peace Sells remasterizado e um show inédito do Megadeth !!! Ouça e descubra como participar.

Neste episódio: Megadeth, Black Sabbath e Glitter Magic
Promoção: 25 Anos Peace Sells Metallica


Ouvir  Download  RSS  iTunes

22 comentários:

  1. link ou nome errado no download deste episódio
    aparece 74

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu, Jonas... Tudo certo agora...
      Abração !!!

      Excluir
  2. Fala galera , fazia muito tempo que eu não comentava os episodios . Mais uma vez um episodio animal com uma das minhas bandas preferidas,além da seleção de musicas matadoras. Outra coisa legal é quando o podcast consegue ser publicado no domingo a noite...da uma aliviada na segundona efaz a semana começar bem melhor !!

    Abração galera !!

    ResponderExcluir
  3. Fala Wikimates!!!

    Como eu não comentei ainda no ep#74, vou comentar agora: Os dois foram demais! E se o Juninho lançou essa idéia do "TOP 10", eu com certeza coloco o setlist desse episódio como um dos melhores!

    A entrevista foi demais, setlist matador (como disse o Bob Roch), Wikiminute muito legal e a banda do Orgulho Nacional foi uma pedrada!

    Obrigado por fazer minha semana começar com o pé direito!

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bob, é sempre bom quando temos o retorno dos "sumidos". O setlist desse episódio poderia ser outro completamente diferente que continuaria animal. Também fico animado quando o episódio fica pronto no domingo, mas realmente não é fácil isso acontecer. Muitas vezes só terminamos de gravar no sábado e então o Dani fica na correria pra editar. Obrigado pela participação no site e se possível não suma.

      Augusto, como eu disse ao Bob, o Megadeth é uma banda pra gente fazer 200 setlistes diferentes e todos eles matadores. Realmente conhecer um Beatle pessoalmente é emocionante. E os som do Glitter é muito potente.

      Abraço, Masini.

      Excluir
  4. Esse episódio do "uiqui mental" foi demais!
    Dave é um bom exemplo de que rock e metal podem sim viver conjuntamente com a religião.
    Loira lanches vai bombar a partir de hoje!! hahaha
    Abraços Wikimates!

    ResponderExcluir
  5. Fala galera

    Bom, antes de comentar o principal do episódio, só um detalhe: qdo li o nome da banda do orgulho nacional, confesso que pensei..." puuuuuuutsss... Glitter Magic...???!?!?! DEve ser todo purpurinado o som e whatever...!!!"
    Ledo engano de minha parte...rsrs... excelente o som dos kras... porra pura, pesado, a letra é elgal tbm...enfim... mineirada loka da porra...shausuahsuauu...excelente a banda...


    Qto a entrevista do Ellefson, simpático o kra hein...que coisa...
    Alias, do BIG 4, o único realmente antipático na minha visão foi o Lars nessas sequencias de entrevistas do WIKIMETAL...pq o os demais, todos muito solícitos e muito expansivos em suas respostas... e o Ellefson nao é uma excessão...

    Qto a esta situação de religião, eu acho bem bacana por parte deles procurarem algo, principalmente para se curar destes vícios malditos que destroem tantos e tantos gênios, porém eu acho um tanto qto desagradável e hipócrita principalmente da parte do Mustaine, repelir algumas bandas as quais eles consideram "satânicas" de festivais que o MEGADETH participa... E coloco satânicas entre aspas mesmo, pois nós sabemos que em 90% dos casos, é mais uma figura de expressao do metal do que propriamente beber sangue no cafe da manha...rsrsrs


    Tão simples como a água: pq eles tocam juntos com o Slayer então já que é assim??? Sabemos que o Arraya eh católico e que de certa forma, é muito mais uma provocação do que satanismo exatamente por parte do Slayer, mas algumas outras bandas que eles se recusaram a tocar, mal falavam de temas ligados a satanismos e coisas do genero... e no entanto foi feito todo um mimimi do Dave Mustaine sobre isso...

    Eu sei que isso nao tem nada com o comentário do Ellefson, mas achei interessante citar aki, pois foi algo relevante entre o Megadeth e a sua musica... e sobre o lance da mijada da mala...shuahsuahsuahuu...eu ja sabia desta... muito bom...

    Mas de toda forma, outra excelente entrevista e vale aki o elogio pq critiquei uma vez, a excelente tradução por parte da moça que esqueci o nome...rsrs...desculpa viu...mas está bem legal mesmo...mandando bem e sua voz é bem mais agradável que do Daniel...evidente...rsrs


    Abs amigos...excelente programa...

    ResponderExcluir
  6. Guilherme, sabe que depois do show passei lá no loira lanches e comi um dogão da hora. É sempre bom ver alguns paradigmas sendo quebrados. E o Megadeth é genial. E todos são livres para fazer as suas escolhas. Valeu pelo comentário.

    André, o nome dela é Maria Eugenia. Quanto a banda do Orgulho Nacional também gostei muito. A capa do cd tb é forte, e os caras estão sendo bem elogiado nos sites de Metal. É sempre bom ver os brasileiros competentes não deixando a batalha.
    Todos sabemos quantos ídolos os tais vícios malditos tiraram de nós. Isso tem que acabar.

    Abraço, Masini

    ResponderExcluir
  7. Até que enfim MEGADETH no Wikimetal!!! hahahahah
    Episódio sensacional! Um dos melhores baixistas que eu já vi tocar e que simpatia tbm, po! Ainda bem que ele voltou logo pro Megadeth e acabou de vez com a rixa com o Musta, pois os dois SÃO o Megadeth! Tive a felicidade de ver ele de volta na turnê de aniversário do RIP, em São Paulo, e foi demaais, espero poder vê-los de novo esse ano, agora tocando o Countdown na íntegra!!!

    E, mudando de assunto, quando vão sair novas datas do Viper?? Quero ver esses caras em Minas Gerais!!

    Valeu Wikimetal, mandaram muito bem, pra variar!!

    ResponderExcluir
  8. Grande Jr! Excelente.

    Eu tambem tive a mesma impressao com o nome da banda no Orgulho Nacional. Isso eh literalmente a definicao de "PRECONCEITO" e quando ouvi, putz, nao acreditei.

    ResponderExcluir
  9. Finalmente fechando o Big4, mas podem fazer uma outra rodada pegando outros integrantes das bandas que não me importo hehe.
    Ficou legal a entrevista, e nem preciso falar da seleção de músicas pra esse episódio. E como já falaram, muito boa a banda do Orgulho Nacional, curti bastante.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Helder, Nós tb queríamos muito completar o Big 4. Tb gostaria muito de ve-los mais uma vez por aqui. Quanto ao Viper, todos os esforços estão sendo feitos para eles tocarem em Minas Gerais também.

      Giba, é muito bom ser surpreendido. Bela surpresa.

      Maurício, seria muito bom uma segunda rodada de Big 4. Quem sabe? São bandas que vamos querer por aqui sempre.

      Abraço,
      RMasini

      Excluir
  10. Renato Bacha21/5/12 5:47 PM

    Parabens Coração de Metal, mais uma vez eu começo a semana rindo pra c****** com as suas merdas! ahahah "Eu quero falar sobre separações,coloca ai na edicão uma musica lenta, tipo changes" AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!!

    Mas voltando ao episodio, muito obrigado, parece que a minha reclamação surtiu efeito, porque pra mim wikimetal em 2012 foram os ultimos 6 episodios, tirando alguns esporadicos antes. Era isso que eu queria ouvir, só mestre falando!

    Muito boa mesmo a entrevista.

    Valeu!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esqueci de comentar, mas a parte de Changes com o Rafinha falando de separações foi hilário, começou muito bem a semana realmente =)

      Excluir
  11. Quando chegou o e-mail falando que era o Ellefson, minha cabeça explodiu. Megadeth é minha banda favorita.

    Cheguei agora do trabalho, mesmo cansado vou baixar e ouvir agora. Onde você encontra uma entrevista dessas? Só no Wikimetal.

    ResponderExcluir
  12. Galera, sou vocalista da Glitter Magic e fiquei feliz demais com o aparecimento da nossa banda na Wikimetal e ainda mais junto com bandas como Megadeth e Black Sabbath que são umas das nossas maiores influências! Obrigadão mesmo! Quem quiser curtir os sons da banda é só ir em www.soundcloud.com/glittermagic ou www.facebook.com/glittermagicband
    Abração a todos e mais uma vez, muito obrigado pela força!
    As bandas do Brasil precisam muito de vocês!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Velhão, com o respeito da palavra. A sua banda é do caralho! Muito foda mesmo, aumentei o volume do fone na hora. Parabéns pelo trabalho e espero que continuem dai pra melhor.

      Excluir
    2. Renato, como vc pode perceber, o problema não sou eu. Eu até falo as bobagens, mas o Dani acaba comprando. Ele pois mesmo na edição.

      Arthur, espero que mesmo cansado vc tenha curtido o episódio. O setlist é de sacudir o esqueleto.

      Rhee, mais uma vez parabéns pelo trabalho de vcs. Que vcs sigam firmes na caminhada.

      Pedro, espero que vc goste.

      Abraço a todos,
      Masini

      Excluir
  13. Pedro Guanais21/5/12 10:55 PM

    DAVID ELLEFSON!!!! BAIXANDO AGORA MSM! MEGADETH!

    ResponderExcluir
  14. Mais uma vez vocês estão de parabéns. O Megadeth é minha banda favorita de Thrash, e o Dave Ellefson é um excelente músico, pode não ser tão técnico quanto o James LoMenzo, por exemplo, mas só a presença dele no palco já faz muita diferença. E a seleção de músicas, sensacional, a minha preferida do Megadeth, que é She Wolf, e a minha preferida do Black Sabbath no mesmo episódio.

    Quanto à religião, não escondo de ninguém que sou Evangélico, que na verdade não é bem uma religião, isto ocorre quando acontecem brigas idiotas por placas de igreja, além de determinados crápulas que aparecem na TV envergonhando nossa fé. Sei que a minha escolha recebe (muitas vezes merecidas) diversas críticas, mas pensem bem o que aconteceria se outros astros do Rock tivessem seguido a mesma escolha do Mustaine e do Ellefson. Talvez hoje ainda teríamos monstros como Led Zeppelin, The Who e Janis Joplin, é pra refletir mesmo. Só como curiosidade, a banda que toca na igreja na qual congrego é formada de músicos com muito conhecimento em Heavy Metal, e frequentemente eles dão uma roupagem bem Prog Metal às músicas tocadas na igreja, e sempre são muito bem aceitos, sem nenhum tipo de preconceito pelos demais com o som pesado.

    Muito legal o depoimento da senhora do Loira Lanches, muito bom ver os preconceitos contra nós sendo quebrados dia após dia.

    No mais, me senti honrado em ouvir meu nome sendo citado no episódio, muito bom saber que colaborei em aguma coisa, valeu mesmo. Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E acabei esquecendo de comentar sobre o excelente Glitter Magic. Finalmente o Brasil está tirando o atraso em ótimas bandas de Hard/Heavy. Parabéns pros caras.

      Excluir
  15. Marcel, realmente vc é mais um que gostou do setlist. Mas ter tocado as tuas duas preferidas, tanto do Megadeth como do Sabbath deve ter sido especial.
    Como ja escrevi e falei, temos todos as liberdade de fazer nossas escolhas, e isso tem que ser respeitado. O grande problema é que pilantras existem em todos os lugares, na religião, no futebol, na política, e esses caras sujam o nome das instituições.
    E quero que vc saiba que mesmo não citando o nome das pessoas no episódio, todos que nos escrevem nos ajudam a melhorar o querido Wikimetal.
    Abraço,
    Masini

    ResponderExcluir