27 maio, 2012

#076 - Crucified Barbara no Wikimetal !!!

As quatro meninas suecas estão lançando o 3o. álbum do Crucified Barbara e são o destaque desta semana no Wikimetal.

A vocalista e guitarrista Mia Coldheart contou histórias muito interessantes sobre os desafios de ser uma banda só de mulheres, as origens e influências, o disco novo e muito mais. Como sempre, vários sons pra balançar a cabeça também estão presentes no episódio.

A já consagrada banda Hibria de Porto Alegre, marca presença no "Orgulho Nacional".

E a promoção da semana vai dar um kit espetacular do Crucified Barbara com CDs autografados, DVD, novo single, chaveiro, pin, posters, cartões postais, etc, tudo dentro de uma bolsa do Crucified Barbara. Tem até calcinha da banda neste kit.

Neste episódio: Crucified Barbara, Dream Evil, Hibria e Amon Amarth
Promoção: Kit Especial Crucified Barbara


Ouvir  Download  RSS  iTunes

16 comentários:

  1. E ai wikimates!!
    Mais um ótimo programa. Crucified barbara é mais uma ótima banda liderada por garotas!
    Realmente e diferente uma banda de metal começar por influências de grunge, mas ainda bem que desistiram e passaram para o metal.
    Achei bem legal o fato de a música que faz ela bater cabeça sempre é do Dream Evil, uma ótima banda que não é muito lembrada, mas é muito competente. Perdeu bastante com a saíd do Gus G. mas ainda faz um heavy metal de qualidade!
    Que venha o próximo wikimetal!!
    Abraços!!

    ResponderExcluir
  2. Guilherme, muito legal o teu comentário. Foi muito bom rolar Dream Evil aqui no episódio. Da realmente vontade de balançar a cabeça.
    Aguarde o próximo episódio, que será outro muito bom.
    Obrigado por escrever.
    Masini

    ResponderExcluir
  3. Renato Bacha29/5/12 12:16 AM

    Na espera do proximo programa... Rafa, depois ve o email encaminhado pelo Dani pra voce...

    Abraco

    ResponderExcluir
  4. Renato, sobre vc em São Paulo? Vamos marcar. Gostei da opção da Galeria.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  5. Mais um ep bem legal, quem venha o próximo! Abraço!

    ResponderExcluir
  6. Grandes amigos...olha as metal girls de novo! Engraçado que vocês não tem medo de dormir na casa do cachorro, afinal é tudo profissionalismo, certo? Ahah...som muito bem feito, excelentes riffs e elas evoluíram para o caminho certo, já que ter o grunge como referência na minha opinião não é algo, digamos, muito sólido. Gostei muito...e o Hibria além de orgulho é unanimidade nacional!
    Abraços!
    PS: Rafa, checa o e-mail dos textos, enviei o 1° e voltou! Valeu!

    ResponderExcluir
  7. Legal ver uma banda um pouco mais desconhecida no Wikimetal, se não fosse por isso talvez eu não chegasse a conhecer. Eu só tinha ouvido quando tocaram no episódio das mulheres, agora deu pra conheccer um pouco mais das músicas. Achei muito bom aquele trecho com o grito da música Creatures, deve ser legal ao vivo também quando ela grita. E para mim não é coincidência nenhuma o metal ser mais respeitado e ter mais espaço em países mais desenvolvidos... triste pra gente.

    O Hibria é muito bom, eu vi na abertura do show do Metallica em Porto Alegre e já tinha até sugerido para colocarem no Orgulho Nacional, merecem um espaço ali.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  8. Ah, outra coisa, lançar o quadro da melhor música pra "bater cabeça" no Twitter vai aproximar mais os fãs; muito bem sacada, porque todo mundo quando ouve esse quadro fica pensando na sua música preferida, então...muito bom!
    Pô, Dani, nos erros poderiam ter emendado "batendo um milkshake e assistindo um programa em VHS", nada mais 80's, kkk...onde mais vc tem erros e entrevistas como esses? Onde mais?? In your face?? (Ma. Eugenia, muito hilário, ahah)...estou repondo meus coments atrasados, eheh...abração!

    PS: será que teremos wikiwinner da calcinha??? Quero ouvir! =D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Flavius, o próximo também teremos um grande convidado.

      Allan, temos que falar das bandas. E se a banda for de meninas também temos que falar. Claro que elas são lindas, mas o importante é que o som é muito bom. Quanto ao novo quadro "Bater Cabeça" é uma idéia que ja tínhamos a muito tempo, e o Maurício também mandou um email com esse formato. Vai ser bem legal.
      Quanto ao Hibria, vc falou tudo.
      Se for o email com o teu texto, recebi sim.

      Maurício, eu também fiquei muito feliz em conhecer melhor o som delas. É uma banda forte e com peso. Demoramos pra por o Hibria, mas com certeza são um grande Orgulho Nacional.

      Abraço, Masini

      Excluir
  9. Achei uma coisa bem interessante e que foi abordado por aqui.

    Nao me causou nenhuma surpresa a Mia admitir que ouve um som por causa do grunge e do Nirvana. Alias, nao teria nenhum mal nisso.

    Muitos acusam do grunge ter acabado com o metal, etc, mas pra mim, sempre ficou provado que o hard rock farofento era forte, pois assim como o grunge, o poppy punk, new metal, rap e tantos outros estilos sucessores foram modas criadas pela eMpTyV e em nenhum momento estou julgando as bandas como um todo, ou seja, generalizando, pois ate mesmo dentro do metal, tem coisas boas e ruins, o que eh normal.

    o fato eh que se ela comecou a ouvir som por volta de 11 anos de idade e o que tocava nas radios era o grunge, mais que normal que ela passasse a ser influenciada por isso, e que tenha sido a descoberta dela no mundo do rock.

    E seja grunge, poppy punk e ate mesmo o chamado nu metal, este ultimo nao curto mesmo, mas eh tudo rock. E falemos a verdade: nao eh melhor o seu colega de trabalho, faculdade, filho, amigo, parente ouvir ate nu metal do que enveredar no pagode ou estilos mais duvidosos?

    Nao gosto de Limp Biskit, Korn e afins, mas se tivesse um filho que ouvisse isso, nao seria o ideal, mas o apoiaria, sem problemas, afinal, eh melhor escutar isso de tabela do que as porcarias que a radio e midia brasileira impoem diariamente, nao eh?

    Ja o Hibria eh muito grande no Japao e no Sudeste Asiatico, enquanto no Brasil eh ignorado em muitos estados como em SP. Ouvi falar que menos de 50 pessoas foram num show recente, acho que no Manifesto ou no Blackmore.

    Acho que quando voces mencionaram que eles abriram pro Megadeth no Japao, na verdade se tratava do maior festival atual do Japao que eh o Loud Park e pegaram um slot legal, nao foram uma das primeiras bandas como vi no cast da edicao em que participaram. Se nao estiver enganado, eles abririam o show do Maiden em Porto Alegre de 2008 juntamente com a Lauren Harris, mas nao havia tempo suficiente e por isso foram cortados.

    Pessoalmente falando, nao curti muito o som deles, nao, mas o cover de Painted Skies do Crimson Glory, uma das minhas bandas preferidas entre as injusticadas, que fizeram, eh de chorar. Muito bom mesmo!

    De qualquer forma, sao muito bons no que se propoe a fazer e merecem colher o sucesso que andam recebendo na Asia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Giba (a enciclopédia-ambulante) (:-D)

      Se não me engano, além de tocar no Loud Park, eles também abriram um show do Megadeth em Nagoya...

      Abração, Daniel.

      Excluir
    2. Dani,

      Eu nao lembro deles terem tocado com o Megadeth em outro lugar, mas se voces tem essa info, fica aqui registrado. Ate por isso que frisei na minha frase com o "acho", pois nao tinha certeza.

      Excluir
  10. Andre Eberti1/6/12 3:01 PM

    Fala galera...

    Escandinávia...meu deus... é o paraiso feminino na europa...rsrsrs...que coisa fantástica...

    Achei interessante a entrevista da MiA Coração Gelado (aliás, Coração Gelado é por causa do Ursinhos Carinhosos, o desenho que passava no SBT??? Será??? husahsuuu)

    Qto ao ON, o Hibria dispensa maiores apresentações...banda lendária de nossa cena...

    abs amigos...

    ResponderExcluir
  11. Andre Eberti1/6/12 3:07 PM

    Qto ao lance do grunge...kra...nao sei vcs, mas Nirvana, Alice In Chains, Soudgarden...eu particularmente acho que sao bandas fantásticas e lendárias do rock...

    Acho besteira dizer algo contra apenas pq nao é metal... Isso é papinho de fã boy de cabeça fechada...na minha visão...

    Só + essa obs...ja vou embora...rsrs

    abs

    ResponderExcluir
  12. Não ouvi o episódio ainda, mas descobri Crucified Barbara por acaso, logo depois que lançaram o primeiro CD. Saí espalhando pra todo mundo, pq achei um puta som e pra mostrar pra todo mundo que mulher também representa no Metal (felizmente hoje as pessoas aceitam bem melhor isso).
    Só queria dizer que elas são foda. Rs...

    ResponderExcluir
  13. André, eu tb achei bem interessante a entrevista. A Mia é inteligente, e confia muito no trabalho delas. Boas respostas, e simpatia. Gostei da abreviação "ON" faz todo sentido.

    Diana, Espero que vc tenha curtido o episódio. Espero que não tenha mais ninguém com essa visão atrasada e infeliz.
    Abraço, Masini

    ResponderExcluir